Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

Vander Christian

Vander Christian é apaixonado pelo mundo da leitura e escrita. Autor dos romances KARINA, PASSADO E PRESENTE e DUAS VEZES PAMELA MONTEIRO.

Redes Sociais:





Últimos artigos

Ver todas as colunas

Caneta Azul



Eles surgem todos os dias. Diferentes formas, sobre diferentes assuntos. Ainda assim, espalham-se de maneira assustadora em todos os cantos. Segundo o livro O Gene Egoísta, do autor Richard Dawkins, o meme é algo que se propaga de indivíduo para indivíduo. E como se propaga... Impossível calcular a velocidade que ele chega ao alcance das pessoas! Agora, por exemplo, enquanto você lê esta crônica, alguém está criando mais um meme. Logo ele vai estar por aí...

Confesso que não sou muito ligado quando o assunto é meme. Demoro para entender sobre o que as pessoas estão rindo, discutindo e comparando. No entanto, mesmo para uma pessoa não tão antenada como eu, o meme chega e causa aquela sensação de, simplesmente, não conseguir fazer mais nada sem lembrar do meme!

Trabalho numa empresa que fabrica canetas. Semana passada, vi algo sobre alguém que perdeu uma caneta azul na internet. Não dei muita atenção, já que todos os dias várias pessoas perdem canetas por aí. No meio do expediente de trabalho, ao perguntar uma informação, um colega cantou desastrosamente:

— Caneta azul, azul caneta...

De início, sorri e achei que era uma brincadeira do meu colega. Fiz questão de mostrar que a caneta que eu estava usando era preta. Meu colega também sorriu e não falou mais nada. Continuei fazendo o trabalho normalmente. Até que escutei alguém cantar, novamente, de forma desastrosa:

— Caneta azul, azul caneta...

Imediatamente, pensei:

“Todos estão com uma dose extra de loucura hoje.”

E aquela não foi a primeira vez que ouvi a música. Numa empresa, cujo produto fabricado é caneta, imaginei que era algo inventado por funcionários, numa tentativa de fazer o ambiente ficar descontraído. Trabalhei três dias ouvindo a bendita música. De repente, em casa, eu já estava até cantando a música. Achei aquilo um absurdo! Decidi acabar logo com aquilo. Pedi para os colegas:

— Não quero mais ouvir a música da caneta azul, está bem?

E ainda reforcei:

— Quem foi que inventou isso? Não tinha nada pra fazer?

Foi então que fui apresentado para o meme do momento. Um senhor cantava sobre uma caneta azul que ele havia perdido... E já tinha várias versões sobre vários assuntos!

Provavelmente, o senhor que inventou a música, não pensou no quanto uma pessoa que trabalha fabricando caneta, se sente com tudo isso. Por isso, quero dizer a ele que, onde eu trabalho, existe um monte de caneta azul. É só escolher...

 

 

 

 

 

COMECE A LER MEUS LIVROS GRATUITAMENTE:

 

Duas Vezes Pamela Monteiro 
http://amz.onl/6kNQLOT

 

Passado & Presente 
http://amz.onl/bSJOgdX

 

Karina 
http://amz.onl/2zZb89q

 

Até breve,

 

 










Imóveis em São Roque

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

Além de consumir o serviço de Aluguel de louças para festas.

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

Aluguel de louças para festas Moema, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.