Sexta-Feira, 20 de Maio de 2022

Suzi Barboza

Susy Barboza é escritora, poetisa e compositora e quer compartilhar pensamentos

Ver todas as colunas

Centelha



Já era tarde quando ouvi E parecia a coisa certa Mas, ao barulho, estremeci Vendo acesa, a centelha... Pensei – de novo não... A fumaça encobria A visão (e eu já sabia), Consumia ao meu redor Toda a tralha proteção É melhor sair lá fora Não demora e desmorona Novamente o coração Mas foi tão bom Que esperei mais um pouquinho E o vento tão fresquinho  foi virando furacão. Foi partindo tudo ao meio Fui entrando em prejuízo E quem precisa de juízo No calor de uma paixão? Na coação de cobertores Em seus braços, em volta, flores... Foi embora, como veio Na silente escuridão... Já era cedo... quando eu vi.











Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2022, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.