Quarta-Feira, 18 de Maio de 2022

Não brigue com suas finanças no Dia dos Namorados!



Uma das grandes datas do mês de junho é celebrada no dia 12: o dia dos Namorados. A origem histórica dessa data vem lá dos tempos do Império Romano, quando o bispo da Igreja Católica, São Valentim, foi proibido de realizar casamentos. São Valentim acabou desrespeitando a ordem e realizou casamentos de forma secreta, porém, foi descoberto e acabou sendo preso e condenado à morte. A data de sua morte, 14 de fevereiro, acabou tornando-se a data do dia dos namorados na Europa e nos EUA.

No Brasil, a data tem forte relação com o frei português Fernando de Bulhões (Santo Antônio). O frei sempre destacava a importância do amor e do casamento, e acabou ficando conhecido por ser o santo casamenteiro. Por isso, dia 12 de junho, um dia antes do dia de Santo Antônio, acabou tornando-se o dia dos namorados por aqui.
A data tem grande importância para o comércio, pois namorados, pretendentes e até casados não só compram presentes uns para os outros, como também costumam ir à bares, restaurantes, cinemas e teatros para comemorar o dia ao lado da pessoa amada.

Aproveitando essa data especial, estes comércios, desde a semana posterior ao dia das mães, concentram suas forças para fazer campanhas que atraiam os namorados, que, como nas outras datas, muitas vezes são divulgadas como promoções e condições especiais, mas muitas vezes não passam das condições normais. Por isso, um bom planejamento, com orçamento, deve ser preparado para que a comemoração não prejudique o bolso na segunda metade do mês, ou pior, que os próximos meses também sejam afetados.

Fato é, a comemoração do dia dos namorados é uma data que traz uma grande movimentação para o comércio e para bares e restaurantes. Desde o final de maio as lojas e os shoppings já fazem ações especiais para “atrair” a atenção dos consumidores. Mas, gastar mais não significa gostar mais. Claro, dar um presente e ter uma boa comemoração são desejos de muitos namorados, mas, antes de mais nada, é preciso ver como andam as finanças do casal. Não vale a pena comprometer as finanças para o resto do ano por conta de uma única data. Vale mais a pena economizar hoje para que nas próximas oportunidades, a comemoração possa ser do jeito esperado. Portanto, caso planejado e conversado, pode-se ter uma boa comemoração, em restaurantes de primeira e com presentes belíssimos. Porém, caso não haja dinheiro para este fim neste momento, nada impede de ser feita uma comemoração caseira, sendo que o presente pode ser algo simbólico e feito com amor.

 












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2022, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.