Sexta-Feira, 5 de Março de 2021

Walber Sousa

Consultor Empresarial, atua em empresas de Pequeno e Médio porte, nas áreas Administrativa, Finanças e Controladoria; Formação em Ciências Contábeis, Pós Graduação em Contabilidade Gerencial e Controladoria e MBA FGV em Gestão Empresarial.

Ver todas as colunas

Não cometa esse erro na Gestão Patrimonial de sua Empresa!



Não cometa esse erro na Gestão Patrimonial de sua Empresa!

www.axsconsultoria.com.br

Empresas de uma forma geral tem como objetivo final otimizar Resultados entre outras palavras, Lucro.

  •          O Patrimônio Empresarial

Assim como o saldo bancário, o Contas a Receber, os Estoques, também o Ativo Imobilizado deve ser devidamente controlado, pois nesse grupo de contas, em grande parte das empresas, estão concentrados bens que compõem grande parte do patrimônio empresarial.

O Ativo Imobilizado para quem não tem o conhecimento técnico, é onde são classificados e administrados bens como: Edifícios, Terrenos, Máquinas, Equipamentos, Móveis, Equipamentos de Informática (TI), Instalações, Veículos, Obras em Andamento, entre outros.

Quem tem por costume analisar Balanços Patrimoniais, pode facilmente constatar que valores relevantes do Patrimônio das Empresas se concentram nesse Grupo Contábil.

  •          O Controle Responsável

Quanto maior a importância controlada, maior deve ser o cuidado com essa Gestão, entretanto, muitas empresas ainda cometem graves erros na Gestão Patrimonial, pois, acabam por administrar o Ativo Imobilizado sem alguns cuidados fundamentais.

Administrar sem o devido acompanhamento periódico expõe a Gestão a falhas que é comum resultar em perdas, ou prejuízo não operacional, que independente do segmento de atuação, acaba por reduzir Resultados Empresariais.

  •          Erros comuns na Gestão Patrimonial

Na sequencia vamos citar erros que identificamos em grande parte das empresas que somos convidados a realizar a Gestão Patrimonial, visando eliminar ou mitigar falhas que estão muitas vezes inseridas na cultura empresarial.

                A seguir erros cruciais:

o   Não realizar Inventário Patrimonial Geral a cada 24 meses

o   Não realizar Inventário Rotativo

o   Não ter procedimentos claros e ajustados as particularidades da empresa

o   Não ter informações Patrimoniais conciliadas com a Contabilidade

o   Controlar o Patrimônio em planilhas EXCEL

o   Utilizar-se da Depreciação para a dedução de IRPJ/CSLL sem controles consistentes

 

  •          O Inventário Patrimonial e seus ajustes!

É quase que uma constante quando realizamos Inventários Patrimoniais e simultaneamente também a Conciliação Físico x Contábil, seguida do Saneamento, identificarmos diversas sobras, tanto físicas quanto contábeis, isso demonstra que falhas ocorrem de forma natural e com certeza, ou seja, na maioria das vezes, o ajuste desse Saneamento acarreta impacto nos Resultados Contábeis, entretanto, é a forma da Gestão corrigir o passado no que diz respeito ao Controle Patrimonial.

Para que esses ajustes sejam realizados, é fundamental que todo um planejamento e estudo sejam colocados em pratica, e sejam conduzidos por profissionais especializados, pois estremos tratando de duas fontes de informações:

o   Contabilidade – Balanço Patrimonial (Ativo Não Circulante)

o   Controle Patrimonial (todos os bens do Ativo Imobilizado)

Alguns pontos são fundamentais nesse processo, entre eles:

o   Planejamento do projeto

o   Definir equipe que irá assessorar a Consultoria Especializada em Ativo Imobilizado

o   Mapear as áreas que serão inventariadas

o   Validar se as placas de Identificação precisam ser confeccionadas

o   Analisar a Base Contábil

o   Ter a Base Analítica da Contabilidade para utiliza-la na Conciliação

o   Na Conciliação pós Inventário, esgotar as possibilidades de conciliar

o   Sanear com o apoio da Contratante as Sobras, importante, identificar as causas que originaram essas sobras, para a revisão dos procedimentos

o   Apresentar relatório final analisado

o   Apresentar ajustes a serem contabilizados.

Esses são alguns dos pontos que com toda nossa experiencia de anos na realização de Inventário e Avaliação Patrimonial em empresas dos mais diversos segmentos, entendemos ser importantes no processo de atualização e controle do Ativo Imobilizado (Ativo Fixo).










Imóveis em São Roque

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

Além de consumir o serviço de Aluguel de louças para festas.

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

Aluguel de louças para festas Moema, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.