"/>

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019

Ângela Schiezari Garcia

Educadora física; fisioterapeuta; osteopata;
radiestesista genética; microfisioterapia em formação.
Terapeuta de self-healing,leitura biológica, pós-graduada em ginástica postural corretiva,em fisiologia do exercício e em personal training.
Estágios:
* Laboratório do Comportamento Motor da Escola de Educação Física e Esportes da USP.
* Condicionamento Físico e Reabilitação Cardiovascular na Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício do INCOR HC – FMUSP.
Escritora, com livro de poesias "A Real Dualidade", publicado em 2007.

Ver todas as colunas

O dragão dos bons tempos



O dragão Ancestral vive às margens do rio Amarelo, numa China florida, em área pouco habitada. É considerado pelos chineses um símbolo nacional, responsável pela previsão do clima, dos dias de chuva e pelo início da civilização, do Universo, do Céu e da Terra.

Em dias bons representa a fertilidade nos campos, em dias enfurecidos representa as tormentas e tempestades. E mesmo na instabilidade, frequentemente recebe o convite dos Deuses para desempenhar funções superiores e mágicas, como um ser celestial, guardião de profundos tesouros.

Hoje ele caminha solitário até o topo da colina, a passos lentos, bem marcados, observa os ruídos na mata enquanto contempla a lua cheia, feminina. Logo após reflete o seu especial dourado n´água. Libera na fantasia, as enormes e cintilantes bolhas de sabão, subindo suaves em direção ao Céu.

Ao cair da madrugada, nos primeiros raios de sol, desabrocham as ameixeiras, em flores lindas e perfumadas decorando a trilha do Herói, a espantar com seus golpes de fogo, as diversas figuras do mal.

São como as tochas de luzes protetoras, abrindo o caminho em direção ao abrigo aconchegante, bem ao lado do bambuzal. O bambu duradouro e resistente delimita os espaços para que não persistam os intrusos, no território animal.

Encaminha-se finalmente à caverna de jade, em nuances esverdeadas, no mais formoso enfeite de estalagmites úmidas e brilhantes. Pedra rara, esculpida por homo sapiens experientes.

Figuras rupestres adornam as suas paredes irregulares. Em um canto escondido e aprofundado, a queda d’água do rio Sagrado, desprende moléculas de oxigênio a borbulharem em seu dorso quente, como uma grande banheira de hidromassagem.

Que banheira interessante!

As pétalas da ameixeira ao redor daquele espaço, como adornos aromáticos consagram o movimento dos astros, entre cometas e estrelas raros, salpicando a entrada fenomenal da caverna.

No canto de descanso, inúmeros morcegos dependurados assustam o Dragão, que sai em disparada. A própria luz de suas labaredas, novamente afugenta os terríveis mamíferos, que só vivem no escuro e de ponta cabeça.

Dragão assustado vive no tempo da Era Moderna: foge dos animais pequenos, como ratos, morcegos, insetos e devora os monstros mais temidos.

O Dragão Ancestral dos bons tempos faz parte dessa história, em que a lenda vira poesia e a imaginação nunca tem hora...

(... e nos permite sobreviver a tanta violência...)

 

Crédito:Maria Antunes- Studio Chanceler 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 










Imóveis em São Roque

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

Além de consumir o serviço de Aluguel de louças para festas.

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

Aluguel de louças para festas Moema, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.