Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022

Edson Carlos de Sena

Edson Carlos de Sena - psicanalista
Site para contato: www.eupsicanalista.com.br
Atendimentos on-line

Ver todas as colunas

Os Livros como Terapeutas



 

 

Há muito tempo que o poder curador dos livros é reconhecido como tal, mas talvez você não tenha ouvido falar que livros são terapeutas, não é verdade? Os livros receberam de forma mais formal este status de terapeutas a partir do prisma da Biblioterapia – ciência que visa curar males através da leitura em suas múltiplas manifestações.

Bons livros são terapeutas. Mas como sermos cuidados por esses terapeutas? Para sermos cuidados por esses terapeutas é necessário saber de quais deles estamos precisando. É com esse objetivo de indicar livros para curar males que a Biblioterapia vem estudando para melhor orientar como utilizarmos o estilo de escrita e o conteúdo do livro de forma a trazer benefícios curativos para o nosso ser, principalmente para aquelas pessoas que passam por uma situação de enfermidade física ou da alma.

O livro Farmácia Literária das autoras inglesas Ella Berthoud e Susan Elderkin é um demonstrativo de como a leitura pode ser fonte de cura. Esse livro indica leituras para pessoas que estejam passando por situação de saúde desfavorável.  Podemos dizer que esse livro funciona como um terapeuta muito bem instruído que indica a consulta de outros terapeutas, ou seja, de outros livros.

Mas, hoje, temos os biblioterapeutas. Estes são pessoas que se dedicam ao mundo da leitura e que também buscam formações teóricas e práticas com objetivo de ajudar outras pessoas a usufruírem dos benefícios da leitura. Os biblioterapeutas são espécies de mediadores entre os livros (terapeutas) e os leitores (pacientes).

É importante ressaltar que a nossa relação com os livros tem vínculo não só cognitivo, mas principalmente afetivo. Podemos citar como exemplo aqueles livros que deixamos sempre perto de nós. É como um símbolo que está a nos lembrar de algo. Mas funciona também como uma espécie de terapeuta, aquele que de algum modo nos acompanha, como um médico da família.

Então, pudemos compreender, neste texto, a importância desses terapeutas (dos livros) para ajudar a tratar males. Você, a partir de gora, poderá ter um novo olhar para os livros, pois eles podem ter assumido dentro de você uma nova face, a face de um terapeuta.

Boas leituras!

 

Saiba mais sobre o tema visitando o blog do autor: https://biblioterapiaonline.blogspot.com/












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2022, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.