Sexta-Feira, 26 de Abril de 2019

Vander Christian

Vander Christian é apaixonado pelo mundo da leitura e escrita. Autor dos romances KARINA, PASSADO E PRESENTE e DUAS VEZES PAMELA MONTEIRO.

Redes Sociais:





Últimos artigos

Ver todas as colunas

Primeiro de Abril



Primeiro de abril é o dia da mentira. Lembro que antigamente a data era algo, de certa forma, terrível. A chance de cair numa mentira era grande. Havia certo receio de acreditar em algo dito sem uma prova concreta. Os tempos mudaram; hoje pouco se fala no dia da mentira. A maneira de falar e zoar é através de memes na internet. Haja paciência para ver todas as mídias enviadas nos grupos!

Assim como a maneira de zoar mudou, o significado do dia da mentira também sofreu mudanças significativas. Antes, a mentira era algo feio, que se tornava engraçado, quando alguém inventava uma história e espalhava para os amigos. O dia da mentira passava e tudo voltava a ser como antes. Mentir não tinha graça. Aprendemos que mentir fazia crescer o nariz.

Infelizmente, hoje, a mentira se tornou algo natural. Tenho a impressão que vivemos constantemente presos no dia primeiro de abril. Filhos dizem que vão para a escola, quando na verdade, passam horas dentro de casas de fumaças, aprendendo tudo, menos os valores da vida. Políticos, pegos em flagrantes, fazendo algo errado, dizem que tudo aquilo é algo inventado para tentar desestruturar a sua imagem de figura pública. E o pior é que ainda tem gente que acredita em tudo isso. Sem perceber, vamos aceitando essas e outras mentiras, sem se importar com as consequências.

Mentir deixou de ser feio. Andar por aí com o nariz gigante, já não assusta mais ninguém. Às vezes parece que a política virou um Pinóquio gigante. Se pararmos um pouco para pensar, jamais daríamos risada dos memes, ainda que eles sirvam para mostrar com humor, o limbo formado pela falta de verdade, que o mundo está vivendo.

É preciso deixar para trás o primeiro de abril. Precisamos achar feio o nariz crescer cada vez que contamos mais uma mentira. Quem sabe assim, voltaremos a sorrir, quando alguém disser algo e depois gritar: primeiro de abril!          

 

 

 

 

 

 

Obrigado pela visita!

 

 

 

COMECE A LER MEUS LIVROS GRATUITAMENTE:

 

 

 

Duas Vezes Pamela Monteiro 
http://amz.onl/6kNQLOT

 

 

 

Passado & Presente 
http://amz.onl/bSJOgdX

 

 

 

Karina 
http://amz.onl/2zZb89q

 

 

 

Até breve,

 

 

 

 










Imóveis em São Roque

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

Além de consumir o serviço de Aluguel de louças para festas.

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

Aluguel de louças para festas Moema, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.