Terça-Feira, 2 de Junho de 2020

Daniel Marx

Pós graduado em criação publicitária e planejamento de propaganda, com formação em Marketing, Arte Cênica. Consultor Político.
Com diversos cursos na área de produção, direção, roteiro de cinema e TV. Vasta experiência na área de teatro, escritor de diversos livros de auto ajuda, ficção e acadêmico, poeta e roteirista.

Política é muito sério e a sociedade precisa de uma linguagem clara e objetiva.
Arte é algo mágico e necessário e são sobre estes dois temas que sempre vamos falar.

Ver todas as colunas

Um país chamado Brasil



UM PAÍS CHAMADO BRASIL

 

            Até quando o povo brasileiro se deixará levar por falsos ídolos políticos? Algo que se ver apenas em países latinos americanos ou países comunistas.

            Até quando o povo se digladiará por líderes que se quer querem saber se eles existem, quando estão preocupados com seu trono e os seus?

            Houve uma divisão da população quando a esquerda dominou o país, hoje isso volta a acontecer com os seguidores da direita.

            Somos um povo forte, inteligente, batalhador que costuma ostentar a frase “Somos brasileiros e não desistimos nunca”. Mas a que preço não desistimos?

            O povo continua adorando, endeusando seus políticos seja de qual posição ele for quando na verdade deveria se juntar para cobrar seus direitos.

            O povo tem poder, e o poder sabe disso.

            Onde estão os valores, os direitos, os deveres dos cidadãos? Onde está a cobranças por melhor educação, saúde, cultura, estabilidade financeira? Onde está o nacionalismo? Não o nacionalismo hipócrita que cultua uma divindade humana e muitas vezes errônea. Mas um nacionalismo puro que defende um mundo melhor para nossos filhos e netos, onde possam caminhar pelas ruas sem que corram o risco de serem assassinados, onde possam ter um tratamento de qualidade quando procurarem um médico, onde possa se formar e disputar uma vaga com um filho de uma família abastada de igual para igual. Onde a cor, o sexo, a religião e opção política seja apenas diferenças comuns e respeitadas por todos.

            Não devemos nos perder diante de líderes que não pensam verdadeiramente na nação. Devemos cobrar, lembrar, lutar por um país mais justo e melhor. Mais igualitário e menos machista, mais humano e menos homofóbico ou xenofóbico. Um lugar onde as crianças, os idosos, as mulheres, os gays, os héteros, os negros e todas as classes sejam pessoas. Sejam humanos, sejam respeitados e dignos.

            O povo deve se unir pelo bem comum e não seguir líderes com biografias falhas e duvidosas. Devem respeitar seus pais e cobrar seus governantes.

            Afinal “O poder emana do povo”.

 

 










Imóveis em São Roque

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

Além de consumir o serviço de Aluguel de louças para festas.

Quando se pensa na realização de um evento social, seja ele uma festa familiar ou uma recepção empresarial,Aluguel de louças, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos a serem usados é grande. Além de consumir bastante tempo, o custo e a logística de obtenção dos mesmos é significativa.

Aluguel de louças para festas Moema, a preocupação com a aquisição dos pratos, talheres e outros equipamentos é significativa.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.