Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017

30/10/2007 - São Roque - SP

Confirmado: Brasil será a sede da Copa do Mundo de 2014




Dono de cinco títulos mundiais, dois vice-campeonatos e único país a participar de todas as edições, o Brasil foi anunciado pela Fifa nesta terça-feira, em Zurique, como sede da Copa do Mundo de 2014. E já vê uma briga interna para abrigar as partidas do Mundial.

Dezoito cidades se candidataram a receber as partidas da Copa. O Comitê Organizador do Mundial pretende escolher 12, muito embora a Fifa prefira um torneio com oito a dez locais de jogos.

Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro saem na frente. Um indício disso, além da evidente melhor estruturação em relação à maioria das outras cidades, é que essas cinco foram visitadas in loco por uma comitiva da Fifa em agosto.

As outras cidades candidatas a sede são Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Natal, Recife/Olinda, Salvador, Maceió, Fortaleza, Florianópolis, Curitiba, Belém, Manaus e Rio Branco. De todas elas, a capital paranaense está entre as mais cotadas.

Mesmo entre as cidades praticamente já definidas, existem 'brigas' isoladas. São Paulo e Rio de Janeiro querem abrigar o centro de mídia. Brasília promete tentar tirar a abertura da capital paulista. O único ponto de consenso é em relação ao jogo final da Copa: todos querem a decisão no Maracanã.

O anúncio do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014 foi acompanhado por 12 governadores de estado, pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, entre outros políticos brasileiros, como representante do Senado e dos Ministérios.

A comitiva da CBF foi formada pelo presidente Ricardo Teixeira, o assessor de imprensa Rodrigo Paiva, o escritor Paulo Coelho, o atacante Romário e o técnico da seleção brasileira Dunga, tetracampeão em 1994 ao lado do Baixinho nos EUA.

A escolha do Brasil não foi nenhuma surpresa, já que era uma candidatura única. Com a decisão desta terça-feira, a Fifa livrou-se de um dever político. Afinal, desde a primeira vez que foi sede, em 1950, ano da fatídica derrota para o Uruguai na final, no estádio do Maracanã, o Brasil tornou-se o país do futebol com suas conquistas e também com a enorme capacidade de exportar craques. Entretanto, nunca mais organizou uma Copa.

A vitória da CBF de Ricardo Teixeira aconteceu em virtude de um sistema que já não existe mais. O Brasil recebeu o direito de sediar a Copa do Mundo de 2014 graças a um rodízio de continentes instituído à época que a África do Sul teve a chance de organizar a edição de 2010. O sistema, no entanto, desagradou a Fifa, que depois de presentear dois países que faziam pressão pôs fim a essa política.

Fonte: UOL


Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Guia São Roque.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.