7/5/2008 - São Roque - SP

Muita emoção na Copa São Paulo de Motocross

O Ski Mountain Park em São Roque (SP), recebeu neste final de semana 228 inscrições para a segunda etapa da Copa São Paulo de Motocross.

Foi uma das provas mais disputadas da competição. O tempo estava bem frio, mas o público que compareceu em peso para ver a habilidade dos pilotos, não se arrependeu.

A prova já começou quente com uma disputa alucinante entre Vinicius Queiroz e Anderson “Magrão” Vaz, nas 250 4 tempos, melhor para Magrão que chegou em primeiro seguido por Vinicius. Em terceiro chegou Leandro Brasil.

MX3, categoria Sênior, vitória para Julio Bethke. Julio não largou bem, mas logo assumiu a ponta e abriu bastante dos demais pilotos. Em segundo chegou Eduardo Tanimoto seguido por João Batista Oliveira.

Na Nacional Amador o público de São Roque viu a vitória de Renan “Bala”, filho do multi campeão Juca “Bala”, que mostra que o ditado popular realmente e verídico, “Filho de peixe, peixinho é”. De quebra Renan ainda venceu a taça cidade, já que a família Bala é de São Roque.

Motos de motores dois tempos na pista e mais uma vez Bruno Lima ocupa o local mais alto do podium, Bruno continua invicto nesta temporada, segundo para Willian Freitas e em terceiro Nei Broto.

Caio Lopes vence a segunda consecutiva na categoria 85cc, e segue firme em direção ao titulo, segundo para Eder Gonçalves e terceiro para Ranulfo “Barriguinha”.

Na Sênior MX2, vitória para Eduardo ”Canguru” Tanimoto, o piloto que correu com o pulso lesionado, mostrou que supera até mesmo a dor para chegar à vitória, em segundo chegou Paulinho Cruz seguido por Daniel Tavares.

Motos nacionais novamente na pista agora para a categoria “top” MX-N, vitória para Danilo Fumes, o piloto não participou da primeira etapa, mas mostra que está recuperado e vai partir para o título da temporada. Em segundo chegou Reginaldo Andrade piloto local, que também concorre pelo titulo da temporada, terceiro para Rafael Oliveira também de São Roque.

Novas caras no pódio da MX2 Amador, a categoria é a que mais diversifica vencedores. Nesta etapa vitória para a jovem promessa do MX, João Paulo Fuentes o “JP”, o piloto vem acelerando forte nesta temporada. Segundo lugar para Diego Mortari e terceiro para Edvaldo Rosa.

Na MX2, hora da revanche, desta vez Vinicius Queiroz deu o troco em Anderson “Magrão” Vaz, o piloto largou forte e não deu chances a Magrão que chegou em segundo, terceiro para Leandro Brasil.

Na MX Open, Francisco Giannetti Neto a bordo de sua Yamaha novíssima (primeira prova da temporada de máquina nova), não faz o holeshot que ficou com Alfeu Pereira, mas antes de terminar a primeira volta, assume a ponta e acelera muito. Julio Bethke tenta de todas as formas chegar no líder durante a prova, mas Chico estava determinado e não deu chances e Julio teve que se contentar com o segundo lugar, seguido de Eduardo Tanimoto.

fonte: moto.com.br