Segunda-Feira, 14 de Junho de 2021

18/7/2008 - São Roque - SP

Apesar da Lei Seca, São Roque vê turismo crescer 20% neste inverno




Enquanto restaurantes, bares e casas de shows da noite paulistana reclamam queda de movimento devido à Lei Seca, em vigor desde o final de junho, os estabelecimentos turísticos de São Roque-SP, só têm motivos para comemorar. Apesar do temor de que a Terra do Vinho fosse diretamente afetada pela nova lei, o número de turistas que visitaram a cidade nos dois primeiros finais de semana de julho e no feriado do dia 9 superou em cerca de 20% o fluxo de visitantes do mesmo período de 2007.

Segundo dados do Conselho Municipal de Turismo, o Comtur, 95% dos turistas que visitam a cidade, que fica a 60 km da capital paulista, chegam a São Roque de carro de passeio, se valendo da proximidade com cidades como Sorocaba e Campinas e com a Grande São Paulo. A preocupação era que a Lei Seca poderia inibir o visitante que procura São Roque por causa do vinho, ou mesmo aquele que chega à cidade apenas para almoçar com a família e ficaria impedido de consumir vinho, principal atrativo local, antes de pegar a estrada para retornar para casa.

De acordo com a Prefeitura de São Roque, a procura por informações nos postos de atendimento nos portais de chegada à cidade cresceu 23% no feriado de 9 julho em relação ao ano anterior e cerca de 17% nos dois primeiros finais de semana de férias. Sandro Marcello Cobello, chefe da divisão de Turismo da Prefeitura, acredita que a cidade está evoluindo a cada nova temporada e que isso reflete nos números: “São Roque já dobrou o número de turistas entre 2005 e 2007, chegando a 600 mil visitantes ao ano e a expectativa é que atinja pelo menos 700 mil em 2008. Isso é resultado de uma nova cultura na cidade, uma cultura de investimento, de planejamento e de fortalecimento do turismo receptivo, treinando o guia, o vendedor, o dono de estabelecimento. O turista vem, gosta, quer voltar, e indica a cidade. Quem vem, gosta.”

Presidente do Comtur e idealizador do Roteiro do Vinho da cidade, José Luiz Marchi também sentiu o crescimento: “Em média, sentimos um aumento de 15% no número de turistas, principalmente no sábado, que antes estava aquém do potencial e hoje tem um movimento ótimo”. Já as adegas têm notado um pequeno crescimento no fluxo de visitantes, refletindo o crescimento também na venda de vinho. Segundo elas, o turista agora chega com um motorista pré-definido, normalmente o pai de família, que não degusta, mas que leva o vinho do mesmo jeito, para experimentar em casa. As adegas, porém, comemoram o aumento na venda de suco de uva, que tem se tornado uma opção ao vinho para os que estão de motoristas.

A rede hoteleira da cidade também comemora os números. Os principais hotéis e pousadas de São Roque estão trabalhando com lotação máxima nos finais de semana. Para o restante do período de Férias de Inverno da cidade, que vai até 16 de agosto, os hotéis devem manter a boa ocupação aos finais de semana. Alguns deles já afirmam ter até 90% de seus quartos alugados para finais de semanas até o final do período de Férias.

Fonte: Merlot Comunicação



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Guia São Roque.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.