Terça-Feira, 3 de Agosto de 2021

31/10/2008 - São Roque - SP

Educação adere ao Programa Brasil Alfabetizado




Para reforçar as ações de erradicação do analfabetismo de jovens e adultos no município, o Departamento de Educação da Prefeitura de São Roque aderiu recentemente ao programa Brasil Alfabetizado do Governo Federal. A entrada de São Roque no programa tem como objetivo ampliar o trabalho já desenvolvido pela prefeitura, inclusive com o recebimento de recursos para a capacitação de alfabetizadores, intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), pagamento de bolsas a voluntários e aquisição de material didático.

De acordo com a Assistente Técnica Educacional do Departamento de Educação, Marisol Garcia Cavalheiro, o programa será baseado num plano plurianual que prevê uma carga horária semanal presencial de seis horas compatível ao perfil dos trabalhadores e se encaixa no trabalho que vem sendo realizado pela prefeitura com suporte pedagógico da Universidade de Sorocaba. “O trabalho será praticamente o mesmo, o governo federal transfere parte dos recursos, o município ainda participará com a maior parte e a Uniso entra com a supervisão, formação inicial dos alfabetizadores e material didático para os alunos”, relata Marisol.

Metas
A meta do Programa Brasil Alfabetizado prevê a formação de 200 alunos por ano, mas o Departamento de Educação acredita que este número será superado devido à estratégia de descentralização adotada no município. Atualmente, a prefeitura oferece os cursos de alfabetização para jovens e adultos em oito núcleos espalhados por todas as regiões do município. Com essa oferta o número de alunos inscritos no programa saltou de 96 para 150. São trabalhadores de pequenas empresas, caseiros de propriedades rurais, autônomos informais e desempregados que não tiveram oportunidade de concluir o ensino fundamental. “A repercussão tem sido positiva até o momento”, avalia Marisol.

Segundo informações do departamento de Educação, a taxa de analfabetismo no município de acordo com o censo 2001 é de 7%. O sucesso das iniciativas das políticas públicas de alfabetização que prevê a ampliação de vagas junto à comunidade local não depende somente da mobilização das instituições, mas também dos próprios estudantes já que taxa de evasão é grande neste público-alvo. “A erradicação do analfabetismo depende da adesão voluntária e da predisposição de cada educando para freqüentar as aulas”, aliada a um planejamento didático – metodológico estratégico para a educação de jovens e adultos conclui a assistente técnica.

Fonte: Prefeitura de São Roque



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Guia São Roque.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.